Conectado por

Religião

Igreja nos EUA cancela cultos após receber mensagem com ameaças


Compartilhe:

Publicado por

em

Uma proeminente igreja no Texas, Estados Unidos, cancelou os cultos, após receber uma mensagem com ameaças, na semana passada.

No sábado (23), a Primeira Igreja Presbiteriana de Dallas anunciou que a programação do final de semana estava suspensa por uma medida de segurança, depois que um desconhecido enviou “mensagens ameaçadoras à igreja, indicando o potencial de danos futuros”.

Segundo o pastor Amos Disasa, uma pessoa que havia participado de um culto, enviou um e-mail com ameaças contra a congregação.

Então, a igreja entrou em contato com a polícia local, que recomendou o cancelamento das atividades dos dias seguintes.

“A recomendação deles foi tomar medidas imediatas para cancelar a programação presencial do fim de semana, incluindo o culto, o que daria tempo ao Departamento de Polícia para localizar a pessoa e avaliar a ameaça”, afirmou o pastor Amos.

O suspeito foi identificado pela polícia e será proibido de entrar na Primeira Igreja Presbiteriana de Dallas novamente.

“No futuro, a pessoa será impedida de acessar nosso campus a qualquer momento por nossa equipe de segurança. Nos próximos dias, além de nossa equipe de segurança privada, um oficial do Departamento de Polícia de Dallas estará presente durante o horário de funcionamento”, anunciou Amos.

Na segunda-feira (25), a congregação adorou a Deus de forma online. “Estou feliz em informar que Deus não se esqueceu de nós”, declarou o pastor durante o culto.

“Estamos aqui em corpo, em espírito, preparados para receber o consolo do Espírito Santo. Vamos adorar a Deus”.

Onda de tiroteios em igrejas

Após a onda de tiroteios nos Estados Unidos atingir os templos cristãos, diversas igrejas no país estão reforçando a segurança para proteger cultos e eventos de novos ataques.

Em maio, um atirador abriu fogo durante um almoço na Igreja Presbiteriana Genebra, em Laguna Woods, na Califórnia, matando uma pessoa e ferindo outros cinco membros de uma congregação de Taiwan que se reunia lá.

Em junho, a Igreja Episcopal St. Stephen’s, no Alabama, foi atacada por um homem armado, matando dois membros.

FONTE: GUIAME, COM INFORMAÇÕES DO THE CHRISTIAN POST

Publicidade
Governo de Rondônia
Betfair
ÓTICA DINIZ
Online Cassino


Desenvolvimento