Conectado por

Polícia

Fugitivos de penitenciária são vistos na zona rural e polícia pede ajuda para localizar bandidos em Rondônia


Compartilhe:

Publicado por

em

Os cinco detentos de alta periculosidade que fugiram da Penitenciária Regional Nova Mamoré (RO), na madrugada de sexta-feira (15), seguem sendo procurados por policiais na região de fronteira entre Rondônia e a Bolívia.

Na noite desta sexta-feira, os fugitivos foram vistos andando na zona rural de Nova Mamoré (RO), e ainda tentaram invadir uma propriedade para fazer a família de refém. O morador da casa, que tinha arma, reagiu a ação e os detentos fugiram e se esconderam numa área de vegetação.

O sitiante contou à Polícia Militar que os fugitivos estavam vestindo “uma farda laranja”, supostamente o uniforme usado pelos detentos da penitenciária.

Como existe uma área grande para fazer buscas, a polícia pede para a população informar, através de denúncias, sobre possíveis rastros deixados pelos detentos.

Os cinco fugitivos que estão se escondendo área rural são:

  • José Batista de Souza
  • Maycon Vieira Ortiz
  • Antônio Diego Pereira Castelo
  • Cleison Souza Gomes
  • Jailson Maia dos Santos

 

Moradores que tiverem informações sobre o paradeiro de algum deles, a polícia pede para denunciar através do telefone 190 ou também via WhatsApp (69) 9 9985-0885, o disque-denúncia do Batalhão de Polícia de Fronteira (BPFron).

Penitenciária Regional de Nova Mamoré

 

A unidade prisional de onde os detentos fugiram fica localizada na BR-425, perto do rio Mamoré, que divide a fronteira entre Brasil e Bolívia. Perto da penitenciária também há outro rio menor, o Laje, que consequentemente deságua no Mamoré.

Entre a noite de quinta-feira (14) e madrugada de sexta-feira (15), os policiais penais da unidade perceberam uma agitação dos cães que ficam no ‘alambrado’.

Ao irem checar o que estava acontecendo, os policiais penais se depararam com uma teresa (corda formada por lençóis torcidos) estendida no solário do Pavilhão A, dando acesso para a parte externa.

Penitenciária Regional de Nova Mamoré fica perto do rio que divide os dois países — Foto: Google/Reprodução

Penitenciária Regional de Nova Mamoré fica perto do rio que divide os dois países — Foto: Google/Reprodução

A Secretaria de Estado da Justiça (Sejus) ainda não se manifestou sobre a fuga do presídio.

G1

Publicidade
Governo de Rondônia
Betfair
ÓTICA DINIZ
Online Cassino


Desenvolvimento