Conectado por

Saúde

Crescimento de brasileiros com diabetes também se reflete em plano de medicamentos


Compartilhe:

Publicado por

em

Número de diabéticos na plataforma da epharma cresceu 50% em um ano; programa contribui para adesão ao tratamento e acesso à saúde

O Brasil está entre os países com maior incidência de diabetes, segundo a Federação Internacional de Diabetes (IDF, na sigla em inglês) – um dado preocupante que pode levar o país a ter 643 milhões de pessoas com a doença até 2030. De acordo com dados da epharma, uma das principais plataformas de programas de benefícios em medicamentos do país, houve um aumento cerca de 50% beneficiários com diabetes em relação a 2021. “Parte desse percentual pode ser devido a retomada da busca por diagnóstico, depois de um longo período mais restrito em casa durante o isolamento social”, explica Leopoldo Veras, diretor associado de Negócios e Alianças da epharma.

De acordo com a epharma, a doença é prevalente nas mulheres e acomete 64,17%, enquanto os homens correspondem a 34,82% e 1,01% não informou o gênero. Os dados constatam com com o alerta da Sociedade Brasileira de Diabetes (SBD), que evidencia que doença está avançando na população brasileira, sobretudo entre as mulheres. Segundo a SBD, o percentual de mulheres, entre 25 e 34 anos, que receberam diagnóstico da doença mais que dobrou de um ano para outro, passando de 1,3% para 2,9%. Entre os homens, esse crescimento foi observado na faixa entre 18 e 24 anos.

Com o aumento de pessoas diagnosticadas, seguir as prescrições médicas é fundamental. “Planos de benefícios favorecem a adesão e continuidade do tratamento pelos pacientes, ao reduzirem os custos e contribuírem para o acesso à saúde. Em 2021, por exemplo, os 30 milhões de brasileiros beneficiados pela epharma chegaram a economizar R$ 1,4 bilhão em medicamentos”, afirma Veras.

Sobre a epharma

A epharma é a plataforma líder de programas e planos de benefícios em medicamentos do país. Fundada há 22 anos, atua como um elo, unindo os ecossistemas de tecnologia e saúde, e criando conexões inteligentes entre os seus principais públicos: indústrias farmacêuticas, farmácias e drogarias, operadoras de saúde, corretoras, healthtechs e empresas privadas de diversos segmentos. Pioneira ao lançar o Programa de Medicamentos no Brasil em 1999, conta com mais de 35 mil farmácias e 2 mil clínicas e laboratórios de diagnóstico credenciados em todo o país, beneficiando 30 milhões de pessoas e gerando economia nas compras de medicamentos de R$ 1,4 bilhão em 2021.

Assessoria

Publicidade
Betfair
ÓTICA DINIZ
Online Cassino


Desenvolvimento