Dente do siso: veja 8 mitos e verdades sobre o assunto

37

O dente do siso costuma ser um incômodo na vida de muitas pessoas. Afinal, são os últimos a aparecer na boca, e geralmente nascem quando já não existe espaço suficiente para acomodá-los. O resultado pode ser muita dor e sofrimento.

“Acontece de o siso ficar preso embaixo do tecido da gengiva, geralmente por culpa de outros dentes ou até mesmo do osso”, explica o dentista Mário Groissman, que é mestre em ciências dentais pela Universidade de Lund, na Suécia. Além de temor, o assunto desperta muitas dúvidas.

Dente do siso quebrado pode gerar problemas

Para esclarecer os principais mitos e verdades sobre o “dente do juízo”, o Fortíssima conversou também com o dentista José Flávio Torezan, que é Doutorando em Cirurgia e Traumatologia Buco-maxilo-faciais pela Unicamp (Universidade Estadual de Campinas – SP). Confira!

Homem sentindo dor de dente

Dá para retirar os quatro dentes do siso de uma vez (Foto: iStock)

1 – Sempre que o dente do siso nasce sentimos dor.

DEPENDE: O normal é não causar dor nem sangramento para nascer, mas o processo pode ser um pouco mais dolorido quando existe alguma infecção na parte da gengiva que recobre o siso.

2 – Precisa esperar os dentes nascerem para retirá-los.

MITO: É possível descobrir, com a ajuda de radiografias, se algum dos sisos está mal-posicionado, identificando quando é necessário agir. Por isso, existe indicação cirúrgica de dentes inclusos ou retidos.

3 – Existe uma idade ideal para retirar os sisos.

VERDADE: Normalmente a melhor época de extração é até os 20 anos, sendo feita de maneira tranquila até os 30. “Após esse período, o procedimento torna-se mais complicado pelo fato de o dente muitas vezes estar ‘grudado’ no osso, dificultando a extração e causando um pós-operatório mais dolorido” explica Torezan.

4 – O siso pode atrapalhar a movimentação da boca, a fala e a respiração.

MITO: Groissman diz que o dente do siso não interfere nesses aspectos, mas existe a possibilidade de atrapalhar a movimentação da boca caso a gengiva esteja inchada ao seu redor, devido a um processo chamado pericoronarite (inflamação da gengiva).

5 – Algumas pessoas nunca terão o dente do siso.

VERDADE: Apesar de ser incomum, isso pode acontecer por conta de uma característica genética ou algum distúrbio local. De forma geral, as pessoas desenvolvem os quatro dentes do siso, embora algumas possam ter apenas três. Em casos raros, existe quem venha a ter mais de quatro dentes.

6 – O siso atrapalha o alinhamento dos outros dentes.

DEPENDE: Ele até tem o seu papel, pois na maioria das vezes tem força para empurrar ou deslocar os molares em contato com ele, mas não é o principal responsável por “entortar” os incisivos inferiores ou deixar o seu sorriso desalinhado, afirma Torezan.

7 – Consigo retirar os quatro sisos de uma vez.

VERDADE: Cabe ao especialista avaliar o grau de dificuldade para a remoção de cada dente. Caso seja possível extrair todos na mesma oportunidade, pesquise antes se o dentista é especializado em cirurgia buco-maxilo-facial.

8 – Se o procedimento for bem feito, não fica inchado.

DEPENDE: É preciso levar em conta a posição do dente e como foi realizada a cirurgia de extração. “A falta de inchaço pode ocorrer na retirada de dentes inclusos (que não nasceram ainda), mas se tiver que remover o osso, ou se houver traumatismo no tecido mole, o pós-operatório pode ser mais desconfortável”, diz Groissman.

Compartilhe: