Conectado por

Saúde

24 de julho – Dia Internacional do Autocuidado: Confira dicas de especialistas para cuidar do seu bem-estar


Compartilhe:

Publicado por

em

No dia 24 de Julho é comemorado o Dia Internacional do Autocuidado. A data foi criada em 2011 pela Organização Mundial da Saúde (OMS) com o objetivo de conscientizar a população sobre a necessidade de se manter atento à saúde constantemente. O termo abrange diferentes pilares de cuidado e uma série de atitudes e hábitos saudáveis que contribuem não apenas com o corpo e a mente, mas também com a sustentabilidade do sistema de saúde como um todo, garantindo, inclusive, que não haja sobrecarga no serviço público e privado.

Para celebrar a saúde e o bem-estar neste dia, construímos a lista abaixo com 5 dicas de autocuidado que muitas vezes passam despercebidas na correria do dia-a-dia, mas que são importantes para garantir uma boa qualidade de vida.

1- Faça exames regularmente

Realizar o check-up anual é uma medida de autocuidado que todos devemos ter. Cristiana Meirelles, infectologista, pediatra e coordenadora médica da Beep, healthtech líder em saúde domiciliar, explica que os exames são essenciais para as pessoas conferirem se a saúde está em dia ou se é necessário ajustar algo na rotina para ter uma melhor qualidade de vida.

2- Atualize seu calendário vacinal

A vacinação é, comprovadamente, uma das maneiras mais eficazes para a prevenção contra doenças, sendo responsável por uma redução significativa das taxas de mortalidade da população ao longo dos anos. No Brasil, os altos índices de vacinação resultaram em um certificado da Organização Mundial da Saúde (OMS) de eliminação da circulação dos vírus da rubéola, em 2015, e do sarampo em 2016.

De acordo com a Dra. Cristiana doenças já erradicadas estão voltando a apresentar casos devido a queda da cobertura vacinal. Por conta disso, é fundamental reforçarmos informações sobre a importância de ter a vacinação em dia e esclarecer quais estão disponíveis tanto na rede pública quanto na particular.

“Infelizmente, muitas pessoas não têm ciência se estão com o calendário vacinal em dia e, por isso, deixam imunizações importantes para trás. Existem dois caminhos para checagem de controle das vacinas: apresentar a caderneta de vacina para um médico de confiança ou utilizar a Avaliação Online de Caderneta (AOC), serviço gratuito da Beep Saúde que permite fazer uma análise com especialistas da empresa para verificar como está o seu esquema vacinal”, explica.

3- Cuide da sua saúde bucal

Cuidar dos dentes não é só importante para combater o mau hálito, cáries ou mesmo casos mais sérios, como a doença periodontal. Natália Lombardo, co-fundadora, ortodontista e diretora de planejamento ortodôntico digital da SouSmile, startup de aparelho invisível que substitui o aparelho fixo no tratamento de alinhamento dos dentes, explica que a boca pode ser a porta de entrada para várias infecções que atingem outras áreas do corpo, como vírus e bactérias. Assim, uma boca saudável ajuda a equilibrar a saúde do corpo inteiro, prevenindo doenças mais complexas.

Para cuidar do sorriso, Natália explica que é preciso escovar os dentes após cada refeição, utilizar fio dental pelo menos uma vez ao dia, se manter hidratado e visitar um dentista periodicamente.

4- Pratique exercícios físicos

Manter o corpo em movimento é importante para vários aspectos da nossa saúde. Dayane Giacomazzi, personal trainer fundadora da D-GYM, academia 100% digital, parceira e vinculada ao Gympass, explica que os principais benefícios de praticar exercícios físicos são: a prevenção de doenças cardiovasculares, redução do estresse, fortalecimento do sistema imune, combate à elevação do colesterol, diabetes e da obesidade, entre outros.

“Movimentar o corpo deveria ser enxergado por todos como uma necessidade fisiológica, como tomar banho e escovar os dentes regularmente. O nosso corpo precisa se movimentar e os benefícios de praticar atividade física são enormes, inclusive para a nossa mente”, explica Day.

5- Priorize sua saúde mental

O tema saúde mental não abrange somente doenças como depressão e ansiedade, mas sim o sono, a capacidade de concentração, o humor e muito mais. Além da ajuda de profissionais capacitados, como psicólogos e psicoterapeutas, a tecnologia também se tornou uma aliada para cuidar da nossa mente. O Gympass percebeu a procura por aplicativos parceiros voltados para a saúde mental aumentar em 2.5 vezes de 2020 para 2021.

Assessoria

Publicidade
Governo de Rondônia
Betfair
ÓTICA DINIZ
Online Cassino


Desenvolvimento